• Resultadus

CINCO MITOS A SEREM VENCIDOS ANTES DE INICIAR UM PROCESSO DE REESTRUTURAÇÃO EMPRESARIAL.

Reestruturação é um processo de transformação no qual uma empresa com resultados operacionais deficitários constantes, em estado de crise financeira, reverte a situação e volta ao lucro.



É preciso ressaltar que não é qualquer empresa que está pronta para um processo de reestruturação. É fundamental que o gestor reconheça o momento de dificuldade e esteja realmente aberto a mudar os rumos do seu negócio, superando uma das etapas cruciais para a solução de uma crise: a negação.


Esse processo se manifesta na forma de “mitos”, que não passam de justificativas (falsas ou parcialmente reais) para as situações difíceis que enfrentam as empresas.


Primeiro mito - Buscar as causas fora da empresa.


Não admitir que as coisas saíram dos eixos e que os problemas se acentuaram sem que fossem enfrentados. Sempre há uma boa explicação: o controle de preços, a concorrência desleal, a política econômica do governo, a chuva que caiu (ou deixou de cair) etc. É comum que as empresas se apeguem a uma esperança, um milagre que não sabem de onde virá, mas que resolverá tudo. Fatores externos podem afetar gravemente um negócio, mas é nos fatores internos que encontramos grande parte das causas das crises nas empresas.


Segundo mito - Acreditar que o problema é exclusivamente financeiro.


Acreditar que um novo recurso irá resolver o problema. Finança ruim é sintoma, e não causa. Um novo recurso não vai solucionar o problema, porque sua origem não foi atacada, só o efeito. Além disso, esse é o primeiro dinheiro a ir embora, pois não há outro. Uma nova injeção de capital ou um novo empréstimo só valem a pena quando a companhia já iniciou o processo de reestruturação, quando as causas já estão sendo tratadas.


Terceiro mito - Aumentar a produção ou as vendas.


O crescimento, nesse cenário, pode piorar a situação, pois muitas vezes o capital de giro já foi consumido com prejuízos sucessivos. O aumento de produção requer contratação de mais gente, compra de matéria-prima, entre outras despesas que aumentam a necessidade de capital de giro.


Quarto mito – Fuga.


O empresário mergulha no dia a dia e deixa de lado os grandes problemas de longo prazo. Preocupa-se com a temperatura do cafezinho e demora a traçar um plano para renegociação da dívida ou ajuste do quadro de pessoal. No final do dia, sente um alívio enorme, pois trabalhou muito. Só que não resolveu nenhum dos problemas.


Quinto mito: Minha empresa é diferente.


É claro que cada empresa tem sua própria história e sua cultura, além das características do setor e da região geográfica onde atua, entre outras variáveis. As raízes dos problemas, no entanto, são as mesmas: erros de gestão e demora em tomar decisões difíceis e incômodas, como fechamento de fábricas, redução nos investimentos, enxugamento das linhas de produtos ou resolução das pendências entre sócios.


Vencidos esses “mitos”, o empresário estará preparado para colocar a empresa nos trilhos.


Toda empresa passa por dificuldades, a grande diferença está na velocidade com que identificam e iniciam o processo de mudança. São nos momentos de crise que muitas empresas costumam se destacar.


A Resultadus tem conduzido projetos de reestruturação em empresas de diversos setores e porte, que resultam na melhoria de processos de gestão, tornando-as financeiramente e economicamente viáveis.


Fale conosco. Estamos prontos para ajudar o seu negócio!


#resultadus #gestãodecrises #turnaround #reestruturação #governança

44 visualizações

© 2018 por Resultadus Reestruturação e Performance

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social